segunda-feira, 6 de abril de 2009

intruso

Enquanto a tempos te descuido
Não te visito
Não te olho
Nem sequer te penso
Apareces sem querer por aqui
Sempre...
Vai chegando devagar
Na imaginação
Como uma obra criada
Depois...
Vai aparecendo na minha frente
Querendo ser lembrado
Ficando
Dizendo
Olhando...
Dormindo
E pouco tempo depois
Aparecendo nos meus sonhos
De intruso

Um comentário:

MARCELLE disse...

Intruso Surreal...
quase real.
bjs
ML